Contribuição para a Sociedade

10. Nossa contribuição para a sociedade deve ser medida, compartilhada e valorizada

As empresas contribuem com a sociedade não apenas através dos impostos que pagam, mas também ao criarem empregos, viabilizarem fornecedores de menor porte e apoiarem as economias locais. Precisamos medir nossa contribuição e fazer com que isso seja amplamente compreendido.

Por que isto é importante para nós?

Em todo o mundo, as empresas estão em destaque devido aos impactos que causam. Nossos stakeholders, em especial as comunidades, querem que mantenhamos nossa contribuição financeira, mas também que desempenhemos um papel social mais amplo local, nacional e internacionalmente. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, acordados pela comunidade mundial, estabeleceram uma forma para que os stakeholders formulem essas expectativas. Por isso, é essencial que desenvolvamos melhores indicadores e medidas do real valor que criamos ao longo prazo.

Nosso desafio

Contribuição para a Sociedade

Nossa licença social para operar depende do valor percebido que entregamos para os nossos stakeholders nos âmbitos econômico, social e ambiental. Podemos perder a confiança dos governos e das comunidades nos locais onde as pessoas acharem que nossa contribuição não é suficientemente positiva ou onde não apresentamos as informações com clareza. Devemos estar cientes de que essa falha pode custar o nosso negócio - seja por meio de mudanças políticas ou legislativas, seja pela ocorrência de problemas em nossas operações. A menos que tenhamos uma reputação bem fundamentada, corremos o risco de perder clientes e empregados.

Nossa ação

Contribuição para a Sociedade

Precisamos ter a capacidade de medir, de maneira precisa, os diferentes tipos de valor que criamos, tornar esta informação aberta para escrutínio e comunicá-la claramente e para todos. Precisamos considerar não apenas os salários e dividendos, as contribuições fiscais e pagamentos a fornecedores, mas o treinamento de habilidades que fornecemos, os investimentos que fazemos em infraestrutura local e para evitar poluição, o impacto que temos sobre a sustentabilidade de outras indústrias e o valor que nossos produtos trazem para os consumidores e para a sociedade em geral.

Nosso potencial de criação de valor

Contribuição para a Sociedade

Nós já damos uma contribuição significativa para a sociedade, mas precisamos ampliar a comunicação disso para ajudar a construir e fortalecer a confiança em nós por parte de nossas comunidades e entre nossos investidores. Nossos empregados terão orgulho de dizer que trabalham para nós. Isso também ajudará a evitar rupturas. À medida que nossas operações locais assumem a responsabilidade de medir e avaliar seu próprio impacto, elas tomarão decisões melhores e definirão estratégias de negócios mais resilientes. Vamos nos tornar parceiros preferenciais dos governos e um empregador preferencial para os talentos do futuro.

Expectativas de nossos stakeholders

Os 17 ODS (ou "metas globais") estão rapidamente se tornando a representação das expectativas dos stakeholders em relação a todos os players econômicos e sociais. Portanto, empresas como a nossa precisam evidenciar contribuições por meio de relatórios que sigam os requisitos e padrões da Global Reporting Initiative (GRI) e outras formas de medição similares.

É esperado que as empresas de mineração, mais do que as de outros setores, façam contribuições econômicas e sociais significativas para as comunidades onde operam. Os acordos com governos anfitriões estabelecem esses requisitos detalhadamente. As empresas siderúrgicas também podem enfrentar desafios semelhantes junto a governos e comunidades anfitriãs.

As divulgações recentes sobre pagamentos de impostos corporativos no setor de varejo tornam a mídia e os consumidores mais conscientes quanto à questão das contribuições das empresas. Um maior escrutínio das estruturas fiscais da empresa está destacando as contribuições que as empresas fazem para as receitas do governo. Os stakeholders e os investidores também atribuem grande importância à divulgação transparente como elemento essencial de uma melhor governança. A Iniciativa de Transparência nas Indústrias Extrativistas é um exemplo disso e estamos envolvidos nela desde 2007. No Brasil, somos signatários da ONG Transparência Internacional.

O resultado que precisamos

Podemos mostrar o valor das contribuições que fazemos para a sociedade e fazer com que nossos stakeholders consigam entendê-las, bem como os nossos resultados financeiros.

Atendendo a essa diretriz

Sempre informamos, em nível mundial, nossa contribuição socioeconômica, ou seja, o valor econômico direto que criamos por meio de compras, pagamentos de impostos e investimentos em P&D. Cada vez mais, estamos fazendo isso também em cada país. Colaboramos, ainda, com outras organizações para analisar as diferentes contribuições para a qualidade do ar, por exemplo, ou a contribuição de todo o setor siderúrgico para a economia. Nossas operações locais monitoram a segurança de sua força de trabalho, avaliam os interesses de seus stakeholders localmente e relatam a implementação de normas trabalhistas e direitos humanos. Produzimos relatórios de sustentabilidade nacionais em 16 países (publicados aqui), a maioria dos quais está alinhada com a estrutura GRI. Desenvolvendo, ainda, uma estrutura de impacto social que nos permite medir nossos impactos em relação às nossas diretrizes e aos ODSs, evidenciando os impactos sociais e econômicos positivos e negativos de nossa empresa.

Também temos uma equipe especializada na avaliação do ciclo de vida, que analisa o impacto de nossos produtos e divulga seus estudos de várias maneiras, como nas Declarações Ambientais de Produtos, específica para o setor. Somos membros da Mesa Redonda para Avaliação de Impacto Social do Produto, uma iniciativa intersetorial que desenvolve orientações sobre como medir os impactos sociais de produtos e serviços para melhorar a vida de trabalhadores, usuários e comunidades locais. Além disso, contribuímos regularmente para a iniciativa SOVAMAT (Social VAlue of MATerials), uma rede internacional de especialistas em impactos sociais e ambientais de materiais.

Em 2017, anunciamos que todos os novos projetos de P&D devem contribuir positivamente para o desenvolvimento sustentável. Por isso, desenvolvemos uma ferramenta de Inovação Sustentável para avaliar os potenciais impactos de sustentabilidade de novas propostas de P&D, tanto para produtos quanto para processos. Isso nos ajudará a garantir que nossas inovações contribuam positivamente para o desenvolvimento sustentável.